• Carol Benke

Um jeito diferente (e mais fácil) de falar sobre autenticidade

Tenho certeza que – em algum lugar da internet – você já viu algum post falando sobre autenticidade.


E, isso pode parecer muito complicado, né?


gif

É claro que nós não queremos fazer algo igual ao que todo mundo está fazendo. Nós queremos ser reconhecidos pelas nossas ideais, nossos projetos. O problema é que, muitas vezes, essa questão de autenticidade é um total borrão na nossa mente.


Vou te falar a real: quando comecei a produzir conteúdo na internet, olhava umas referências aqui e ali para conseguir pensar em alguma coisa (mas, sem copiar, ok?). Isso me ajudava bastante, mas também tirava o meu jeitinho de fazer e falar sobre os temas.


Uma hora lemos que precisamos fazer de tal jeito, outra hora vimos que essa ideia está “errada”.


E se a gente deixasse isso tudo um pouco de lado e fizesse do NOSSO jeito?


Foi pensando nisso que hoje resolvi trazer 3 passos simples (e que eu uso bastante) para produzir conteúdos com a sua cara. Vem ver!


1. Linguagem


Um mesmo conteúdo pode ser explicado de forma totalmente diferente por pessoas diferentes.


Na escola, por exemplo, podemos gostar e nos adaptar com a didática de um professor, e não entender nada do que um outro professor está falando.


gif

Quando vamos produzir um conteúdo, principalmente quando estamos começando, temos muito receio de não seguir uma linguagem corretinha, ou nos comunicarmos do jeito que estamos acostumados.


Mas, uma boa dica para produzir conteúdos com o seu jeitinho, aproximando pessoas que se identificam com você, é usar um pouco mais da sua linguagem do dia a dia.


Você pode chamar os seus seguidores de alguma palavra específica, como “amore”, ou usar palavras que são os seus “bordões”, por exemplo.


2. Visual


Sua identidade visual também pode reforçar sua autenticidade.


Você já bateu o olho em um post e já sabia que era de X pessoa, só pelo visual? Então, é essa ideia que você deve seguir.


Você escolhe suas roupas, comida, decoração e outras coisas de acordo com os seus gostos, não é mesmo?


gif

Pense no estilo que você mais se identifica (como: criativo, divertido, meigo...) e desenvolva o visual do seu conteúdo a partir daí.


3. Referências


Sabe seus filmes, séries e/ou livros preferidos? Eles podem virar referências nos seus conteúdos.


Os seus hábitos também :)


E o legal de trazer tudo isso para os seus conteúdos é que, quando o seu público ver algo que lembre das suas referências, com certeza irá lembrar de você!


A palavra autenticidade pode nos assustar no começo, mas não é nenhum bicho de sete cabeças!


Foque em ser você mesmo, colocar o seu jeitinho no que produz e pode ter certeza que irá atrair pessoas que concordam com a sua forma de enxergar o mundo!


Espero ter te inspirado!


Com amor, Carol ❤️