• Carol Benke

Chega de enrolar o primeiro passo: o que fazer quando estiver travado?

Por que a gente enrola tanto quando já sabe que quer mudar?


“Durante o dia todo temos ideias que poderia mudar nossa vida, que poderiam mudar o mundo, ou o jeito como nos sentimos. E o que fazemos com elas? Nada!”

- Mel Robbins, em uma palestra do TEDx


Eu aposto que você deve ter uma ideia guardada nos seus pensamentos, ou em uma pasta cheia de prints no celular.


gif

Passamos dias e dias com o desejo de começar algo, mas, o que acabamos fazendo? Deixamos pra lá, é claro.


Ou então, sonhamos acordados por horas, imaginando como tudo seria diferente se colocasse a tal ideia em prática.


Seja escolher uma faculdade, empreender, mudar de profissão ou uma realização pessoal, nós temos o costume de pensar demais e deixar tudo para depois. E assim, acabamos nos deixando para depois.


O problema não é ter ideias ou decidir o que queremos. O desafio maior é agir, nós travamos. O problema é:


Por que não fazemos o que deveríamos fazer?


Pra falar a verdade, difícil mesmo é realmente sentirmos vontade de fazermos algo diferente do que já estamos acostumados. Nós não gostamos de sair da zona de conforto.


Podemos até pensar em mil coisas diferentes e ficarmos empolgados por um tempo. Mas, com a mesma intensidade que desejamos realizar nossos sonhos, criamos desculpas para nós mesmos.


Ou seja, se ficarmos esperando a vontade de agir aparecer, não vamos a lugar nenhum.



É simples conseguir o que queremos, mas não é fácil. É desconfortável.


Sempre tivemos alguém para dizer quem nós somos e o que devemos fazer. Acabamos criando uma ideia de quem nós somos e o que nós queremos baseada no que os outros ao nosso redor dizem.


Não fomos ensinados a escolher, nem a dizer ao mundo quem nós somos verdadeiramente e quais eram nossos limites. Tudo isto foi imposto e nós acabamos aceitando por nos preocuparmos em sermos aceitos.


Como dar o primeiro passo?


Para acreditar em você e nas suas ideias é preciso quebrar padrões e ter atitude.

No livro “Até Onde Você Vai?” o autor traz diversas reflexões sobre como a atitude correta determina nosso sucesso:


“O que é uma atitude? Ela é a vanguarda do nosso verdadeiro eu. Suas raízes são internas, mas seu fruto aparece exteriormente. Pode ser nossa melhor amiga ou nossa pior inimiga. É mais sincera e coerente do que as nossas palavras. É uma forma de encarar o mundo exterior a partir de experiências passadas. É algo que atrai as pessoas para nós ou as afasta. Não sossega enquanto não se expressa. É a bibliotecária do nosso passado. É a porta-voz do nosso presente. É a profetista do nosso futuro.”

Para dar o primeiro passo em direção a um objetivo é preciso estar disposto a mudar.


Por que a gente enrola tanto quando já sabe que quer mudar? Porque não nos sentimos confortáveis com a mudança.


A questão é que decidir percorrer "um caminho escuro", quando não é possível enxergar os próximos passos ou a continuação da trilha, pode ser bem intimidador.


gif

E se, só por um momento, você pudesse deixar o conforto de lado e ir atrás do que tanto deseja?


Você não tem noção, do quão longe da zona de conforto, a sua vida toda pode ser.


E aí! Já decidiu qual será o seu primeiro passo?