• Carol Benke

Por que você deveria começar a compartilhar experiências e ideias

Desde pequena eu gostava de escrever, criar histórias na minha cabeça e até montar umas apresentações de dança para meus amigos do prédio – na época eram super produções, ok? A gente também inventava brincadeiras e desafios, era ideia que não acabava mais.


Com certeza você imaginou essas cenas na sua cabeça, ou lembrou de experiências da sua infância também, não é mesmo?


Pois é, nós gostamos de ouvir histórias e de compartilhar as nossas experiências. Mas, nem sempre usamos isso a nosso favor.



Quando comecei a trabalhar com marketing de conteúdo, percebi a importância de criar conteúdos que compartilhem experiências e ideias. Aliás, quanto mais a gente compartilha, mais as pessoas ficam interessadas e se conectam com a gente ou com a nossa marca.


Sei que algumas pessoas continuam achando que devem guardar os segredos do seu negócio a sete chaves, seus aprendizados são só seus e nenhum concorrente pode ter acesso a isso. Mas, quando a gente compartilha experiências as chances de mudar a vidas das pessoas são muito maiores – e essas pessoas podem se tornar seus clientes.


Entendendo melhor os motivos para compartilhar suas experiências


Para pra pensar: o que te faz prestar atenção de verdade em um post do Instagram, um anúncio ou parar pra ler um artigo?


Pode ser um título chamativo, uma boa imagem ou o assunto em si – e tudo isso diz sobre conteúdo, experiência e ideias.


Do ponto de vista de quem está compartilhando, é a chance que a pessoa tem não só de se tornar uma autoridade, mas também de atrair o público certo, ser um profissional relevante e poder se diferenciar no mercado.


Afinal de contas, cada um tem os seus aprendizados, experiências e ensinamentos, e isso te faz único.


Do ponto de vista de quem recebe a informação compartilhada, é a chance que as pessoas têm de enxergar oportunidades, fazer networking, ter novos aprendizados, encarar uma situação de outra forma, estar por dentro das tendências.


Mas, não é só por isso que você deveria começar a compartilhar mais sobre as suas verdadeiras experiências. Lembre-se também de que


Pessoas se conectam com pessoas


Muita gente busca hacks para conseguir mais likes em seus conteúdos, atrair mais seguidores ou algo do tipo. No entanto, se esquecem do ingrediente principal: a humanização.


Nós gostamos mesmo de seguir aqueles perfis que nós nos identificamos, apoiar as marcas que levantam bandeiras como as nossas, compartilhar ideias parecidas com as nossas. E não é com um conteúdo robotizado que você vai conseguir essa conexão.


Quando nós compartilhamos nossas experiências, vulnerabilidades e ideias, permitimos que o outro se veja em nós. E isso não pode faltar na sua comunicação!


Por isso, não pense duas vezes ao compartilhar as coisas que você sabe aí. Pode ter certeza que tem gente querendo te ouvir – aliás, que vai AMAR te ouvir!


Agora que você já sabe disso, que tal estruturar a sua rede para começar a compartilhar muito conteúdo relevante? Preparei um e-book completo, cheio de dicas para transformar o seu Instagram em uma rede poderosa! Clique aqui e adquira o seu.


Com amor,


Carol ❤️