• Carol Benke

Você trabalha pra quê? Dicas para quando estiver se sentindo frustrado profissionalmente

Um dia me disseram que eu deveria trabalhar com o que eu gosto, também já li em diversos lugares “do what you love, love what you do” – faça o que você ama, ame o que você faz.


E eu sempre acreditei nisso, até porque passamos grande parte da nossa vida trabalhando.


Mas... e quando nós simplesmente nos sentimos frustrados profissionalmente?



Eu, por muito tempo, me senti completamente perdida, e não estou isenta das frustrações hoje em dia. Aliás, nenhum de nós está, né? O que acontece - ou pelo menos deveria - é que, a cada nova decisão que fazemos, chegamos um pouquinho mais perto do que realmente faz sentido para nós.


Me formei ano passado na faculdade, e isso me fez passar por um turbilhão de sentimentos, devido a cobrança que fazia comigo mesma por não saber o que eu iria fazer quando terminasse meu curso. Sempre amei publicidade, mas ainda não tinha encontrado uma área que me fizesse feliz. Comecei a fazer de tudo um pouco e hoje, trabalhando com produção de conteúdo, consigo enxergar toda a experiência de outra forma totalmente diferente.


Sabendo o quanto esse assunto é importante, e quantas pessoas passam diariamente por isso, escrevi esse post com o intuito de tentar ajudar quem está passando por frustrações profissionais.


Não vamos tentar nos enganar, não existe nenhuma fórmula mágica. Mas, algumas práticas podem te ajudar a encontrar respostas. Veja algumas delas a seguir:


Reflita


Você realmente gosta da profissão que está querendo exercer?


Quando a gente gosta do que faz, a gente sabe. Além disso, se o que você executa diariamente não for minimamente prazeroso, a sua vida se tornará um tédio.


Tem coisa mais chata do que acordar todos os dias e fazer algo que não gosta? E isso é um problema para muita gente: como descobrir o que gosto de fazer?


Por um bom tempo eu só sabia que gostava de escrever. E só. Demorei para me tocar que poderia começar a produzir conteúdo, colocando em prática tanto o que aprendi na faculdade de publicidade quanto a escrita, como faço hoje.



Escolher uma carreira não é simples, por isso, não se cobre tanto. Mas, não deixe de buscar o que motiva a cada dia. Aos poucos, você vai descobrindo a resposta.


Inspire-se


Seguindo o conceito de autoconhecimento e reflexão, nada melhor do que ter ideias para se inspirar, não é mesmo?


Uma boa ideia para se encontrar profissionalmente é ter inspirações reais.


Pesquise por profissionais que te motivem, histórias que façam você querer construir algo significativo.


Aliás, com a internet, é possível encontrar diferentes meios de se conectar com essas pessoas!


Enxergue as possibilidades


Experimente diferentes opções de exercer a profissão que você escolheu,conheça as diferentes áreas possíveis de atuar.


Há um tempo, isso poderia parecer impossível. Porém, hoje em dia existem infinitas possibilidades de colocar em prática sua função. Não tenha medo e aproveite!


Formatos de trabalho


Estamos acostumados com um modelo em que você se forma na escola, vai para a faculdade e começa a trabalhar em uma empresa X. Mas, será que é isso mesmo que te satisfaz?


Cuidado! Às vezes as insatisfações estão lá, mas não conseguimos enxergá-las. Seguir um estilo de vida que você não gosta aliado à atividade que exerce é a receita completa para frustração.


Como falei anteriormente, hoje em dia existem diversas opções de trabalho. Faça alguns testes e saiba qual é o melhor formato para você: autônomo ou CLT.


Crie metas e procure ajuda


Para sair do lugar e vencer as frustrações, você pode estipular metas. Crie metas a curto e longo prazo, para serem cumpridas diariamente por você. E nada de se autossabotar, ok? Você está fazendo isso por você mesmo.


Infelizmente, não existe uma fórmula mágica que te fará enxergar tudo que está causando tanta confusão. Precisamos levar alguns tombos antes de chegar lá, tudo bem.



Contar com ajudar de amigos, professores, chefes ou familiares é muito importante durante o processo. Tudo é válido! Quando colocamos para fora as nossas angústias e dúvidas, enxergar novas possibilidade se torna mais fácil.


Aproveite para conversar com pessoas de áreas do seu interesse, assim, você terá mais conhecimento na área. Procurar ajuda livros e cursos sobre autoconhecimento e carreira também poderá te ajudar.


As dicas citadas neste texto são um ponto de partida para um caminho. As respostas chegam após muitas reflexões e conversas, com si mesmo e com os outros.


Com certeza existem mais pessoas frustradas do que podemos imaginar, ou pelo menos confusas sobre qual caminho seguir.


Não entre em pânico. Se você não estiver enxergando saídas, saiba que existem outros caminhos. Mesmo quando nos sentimos encurralados e tudo parece ir contra a nossa felicidade, não desista. A recompensa vem!


Essa é a mensagem que gostaria de passar com esse texto. Confia e acredita, agora é com você!