top of page
  • Carol Benke

Guia básico para trabalhar como social media

Trabalhar com as redes sociais é uma das profissões do momento. Afinal de contas, hoje em dia, muitas pessoas e empresas precisam de alguém que entenda do assunto para cuidar das suas redes, né?


Eu entrei nesse mundo meio que "sem querer". Na verdade, eu já trabalhava como copywriter para sites e textos de blogs, e aí uma oportunidade foi surgindo aqui e ali e eu fui abraçando. Tinha bastante insegurança no começo, não vou mentir. Mas fui aprendendo com o tempo.


2020 foi o ano que realmente comecei a me considerar social media. Já tinha alguns clientes na área, comecei a produzir conteúdo falando sobre isso e cheguei até criar um instagram para divulgar mais esse meu lado profissional.


Pra mim, a parte mais complicada no começo foi conseguir organizar os processos na minha cabeça. Como encontrar clientes? Como divulgar o meu trabalho? Como estruturar a minha entrega para os clientes? Como realmente entregar resultados?


Aliás, acho que bastante gente passa por isso. Nas consultorias que dou para freelas e social medias, essas questões sempre aparecem.


Pensando nisso, separei algumas dicas que eu gostaria que alguém tivesse me dado quando comecei, e que uso até hoje na minha rotina.


Vamos lá?


Apresentação


Primeiro de tudo, é importante dar uma atenção para a apresentação do seu trabalho.


E como estamos falando sobre uma profissão bem visual, o seu portfólio precisa mostrar o que você faz, certo?


Se você está começando na área e ainda não tem muitos trabalhos para mostrar, pode fazer alguns modelos como referência ou até trabalhos que fez na faculdade, por exemplo. Se você já trabalhou em alguma agência, também pode usar os trabalhos que fez lá.


O importante é deixar claro o que é capaz de fazer!


Você pode criar um site para ter como portfólio, usar o behance, criar um ppt… separei dois exemplos aqui embaixo:






Proposta


A hora de enviar uma proposta para o cliente também pode causar muita confusão. Mas, calma, vamos por partes!


É legal dar uma pesquisada nos valores de mercado, para você ter uma ideia de quanto cobrar no seu trabalho. O glassdoor é um bom site para isso.


Outra dica é criar pacotes dos seus serviços, um mais básico, um médio e um bem completo. Assim, os clientes podem escolher o que melhor atende eles, e você também consegue se organizar melhor.


Na hora de enviar uma proposta, deixe MUITO claro o que você vai entregar, como vai funcionar, quais serão os prazos… esses pontos são importantes para você e para o seu cliente.


Briefing


Deu tudo certo e você fechou com o cliente? Agora é a hora de entender quem é ele, saber suas necessidades, quais são os objetivos dele.


Você pode criar um questionário padrão para usar com seus clientes, para avaliar como estão as redes sociais dele no momento, quais são seus principais desafios, o que eles esperam com o seu trabalho.


Além disso, é fundamental entender o público desse cliente, com quem você vai falar. É assim que vai conseguir trazer bons resultados :)


Planejamento


Como você vai organizar o material do cliente e desenvolver o conteúdo? Plataformas como o Notion e o Trello podem te ajudar (amo e uso as duas).


É importante combinar com o cliente como será o planejamento (quinzenal, mensal) e se organizar para entregar o conteúdo dentro disso.


Na etapa do planejamento, é importante ter pesquisa (sim, precisamos buscar referências!), organização das ideias e a criação do calendário de postagem. Depois disso, aprovar os posts e programá-los.


Resultados


Nem todo mundo tem o costume de acompanhar os "insights" do Instagram, ou as métricas de outras redes. Mas, essas informações podem nos ajudar bastante ao nos indicar o que tem dado mais certo e o que pode ser melhorado.


Além disso, muitos clientes gostam de receber um relatório das métricas. Por isso, não dá pra ignorar essa parte!


Divulgação


Por fim, divulgue o seu trabalho!


Poste stories mostrando algum case, o seu dia a dia e/ou depoimentos legais que recebeu. O LinkedIn também é uma ótima ferramenta para falar mais sobre o que você faz.


Olha só esses exemplos:



Conte para os seus amigos e conhecidos também, eles podem trazer clientes para você.


As pessoas precisam saber o que você faz!


Espero ter te ajudado com essas dicas. Mas, se tem alguma coisa que ainda queira saber, me manda uma mensagem ou, quem sabe, marque uma consultoria comigo. Vou amar poder ter essa troca com você ❤️



Comments


bottom of page