• Carol Benke

Precisamos rever nossos conceitos sobre mudanças

“Mudanças mexem com tudo. Quando mudamos alguma coisa, mesmo que pequena, estamos mudando a nossa vida”.


Essa foi a mensagem que recebi de uma colega de trabalho, depois de compartilhar algumas mudanças que estava passando em minha vida.




Eu gostei tanto do tom positivo que ela falou sobre mudanças. Afinal de contas, muitas vezes não gostamos e resistimos bastante a elas, né? Não vamos mentir, a gente gosta de permanecer no confortável, naquele lugar que já sabemos como tudo funciona.


Podemos ver um exemplo disso nas redes sociais: tem um monte de gente pirando com as mudanças de algoritmo - toda vez!


Tendemos a sempre fazer as mesmas coisas, e até permanecer em relacionamentos, trabalhos e hábitos que não gostamos – mesmo sabendo que precisamos mudar algo.

A vida nunca para, e ela pede mudança!


Não importa o quanto a gente resista: nós precisamos mudar.


Aliás, se prestarmos atenção, vamos nos dar conta de que nenhum dia é igual a outro.

A vida é um eterno movimento, nós estamos em constante movimento, e isso pede mudança.


Então, ao invés de nos darmos trabalho em dobro, percebendo que temos que mudar e ao mesmo tempo resistir a isso, por que não enxergamos a situação de outra forma?


Vou assumir uma coisa aqui:


Eu já revirei os olhos muitas vezes quando alguns clientes me pediram alteração de algum conteúdo.

Poxa, eu tinha ficado horas e horas criando e ainda não estava bom?


Quando esse mix de raiva, teimosia e insegurança passava, eu conseguia enxergar novas possibilidades e entregar algo muito melhor.


Aliás, passei por uma situação parecida essa semana. Mas, ao invés de resistir, eu comprei e causa e posso falar? Um mundo de ideias novas se abriu na minha mente.


E não é que a minha amiga estava realmente certa: mudanças mexem com tudo!


E elas não precisam ser grandiosas, como falei antes. Quer ver só? Aqui estão algumas sugestões minhas:


  • Combinar com você mesmo que vai ter um tempo pra fazer algo que goste pelo menos uma vez na semana

  • Parar de acumular e comprar coisas que você não precisa

  • Começar a organizar a sua semana com uma agenda, um planner, um app...

  • Se alongar ao longo do dia

  • Tirar um tempo pra não fazer nada (e ficar mexendo no celular não vale!)

  • Marcar para cortar as pontinhas do seu cabelo


E então, que tal revermos o nosso conceito de mudança e nos entregarmos mais a ela?