• Carol Benke

O que fazer quando você não souber o que fazer?

O que é se sentir perdido para você?


Há mais ou menos dois anos comecei a trabalhar com Marketing de Conteúdo para outras empresas, sem nenhuma experiência na área além de alguns cursos online e muita vontade de aprender.


Hoje, trabalho com pessoas que admiro e me impressiono com a quantidade de responsabilidades que eu lido. Afinal, preciso criar conteúdos que conectam as marcas com seus clientes, gerando resultados reais.


Não estou escrevendo isso para me gabar, muito pelo contrário. Na verdade, gosto de ver como a vida dá voltas, e como as coisas não acontecem exatamente da maneira que planejamos.


O que fazer quando você não souber o que fazer?


Em 2016, quando entrei na faculdade de Publicidade e Propaganda, me via trabalhando em grandes agências na área de Atendimento ou Planejamento. Logo no meu primeiro ano, consegui estágio em uma agência e adivinha só? Descobri que tudo que eu tinha sonhado não era pra mim, não era o que eu realmente queria.



Nos anos seguintes, trabalhei na área de marketing de uma empresa. Mas, confesso que ainda me sentia frustrada. No entanto, além do que eu estudava na faculdade, continuava me interessando pela área e buscando recursos – como cursos e materiais online - para me aperfeiçoar.


Um dia, tive a oportunidade de trabalhar para um amigo meu com a criação de conteúdo para blog e e-mail marketing e, desde então, nunca mais larguei essa área.

O que quero dizer com tudo isso é que muitas vezes não seguimos aquilo que planejamos, e está tudo bem.


Você não é apenas o seu diploma ou o seu cargo. Você não precisa se culpar por ter sonhado em seguir alguma profissão, ou um sonho, e de repente ter mudado de ideia.


Muitas pessoas não estão felizes com seus cenários atuais, mas não fazem nada que possa mudar isso. Seja por medo, por insegurança ou por conforto. Mas, a verdade é que...


A vida está em constante movimento

Mudar faz parte.


Por isso, esteja aberto para experiências novas. Estude, aprenda, conheça sobre diferentes assuntos, se surpreenda!

“A vida não é medida pelo número de vezes que respiramos, mas pelos momentos que nos tiram o fôlego.”

- 365 Dias Extraordinários


Como já falei, nem sempre tudo acontece como o planejado. Você não sabe quando a sua vida pode mudar novamente.


Portanto, nunca feche uma porta por medo ou insegurança.


Mas, como saber se estou na direção certa?

Que os fãs de um bom planejamento me perdoem, mas encontrar a sua direção é muito mais do que definir um objetivo e criar metas para atingi-lo. Tudo bem, eu também acredito nisso, mas nem sempre isso funciona.


De fato, em algum momento na vida, todos nós precisamos escolher entre correr atrás do que queremos ou simplesmente ficar à deriva e ver para onde seremos levados.


Mas, se você ainda não sabe ao certo o que quer da vida, ficar à deriva pode ser a melhor opção no momento. Afinal, não adianta batalhar por algo que você ainda não sabe ao certo o que é, certo?


No entanto, não confunda ficar à deriva com procrastinar, ou se jogar na sua zona de conforto e nunca mais sair. Lembre-se que é a sua vida e os seus próprios resultados que estão em jogo.


Independentemente do que decidir fazer, faça com vontade.

Não importa o que você escolha fazer, faça bem feito.


Se não souber para onde ir, se movimente. Converse com pessoas que te inspiram, assista filmes que te encorajam, procure por conteúdos que te ensinem coisas úteis, ouça músicas que te animem... e, o mais importante, não desista de você.


Isso vale tanto para criação de conteúdo, quanto para buscar novos caminhos. Ainda mais, isso vale para a vida toda!


Esse texto me fez refletir muito sobre todas essas questões, e espero que possa te ajudar também. Por fim:


“Se você quer que sua vida seja diferente, precisa estar disposto a fazer algo diferente.”

- Hal Elrod