• Carol Benke

Qual história a sua marca conta?

Em toda nossa vida somos rodeados de marcas, algumas grandes, outras começando, ainda pequenas...


Um dos principais objetivos ao criar uma marca é conseguir atrair o seu público e se destacar dentro do seu mercado, concorda? Mas, o que muita gente esquece em meio aos planejamentos é pensar: qual história a minha marca conta?


Hoje em dia, as redes estão lotadas de conteúdos e somos diariamente bombardeados de milhares de informações. E no meio disso, é claro que queremos que a nossa marca marque presença no digital, ganhe seguidores, tenha um bom engajamento, faça ótimas vendas e - mais do que isso – crie uma verdadeira comunidade.


No entanto, o que a sua marca está fazendo de diferente? Como ela se comunica com o público? Qual tipo de conteúdo ela tem produzido e compartilhado?


Em uma realidade tão dinâmica, nós temos pressa e o seu público tem pressa. Sendo assim, para chamar atenção, você precisa aprender a passar a sua mensagem de forma ágil e encantadora, que realmente transmita valor para as pessoas que você deseja atrair.


Já parou pra pensar nisso?



O que é uma marca?


Pra mim, a maneira mais simples de explicar o que é uma marca é falar que marca é a construção de associações na mente do seu público sobre o que você significa pra ele.

Ou seja, aquela imagem que o seu público tem de você, sabe? A sensação que você causa nele.


gif

Dessa forma, para ter uma marca “forte” – como gostam de falar por aí – é preciso integrar 3 pilares: narrativa, significado e identidade. Mas, não adianta fazer isso de qualquer jeito, né?!


A importância de saber contar a sua história


Imagine a sua marca como um grande quebra-cabeça, onde cada pecinha representa uma forma de comunicação, como: seu site, artigos publicados, posts nas redes sociais...


Para que esse quebra-cabeça fique bonito e chame atenção, as peças precisam “conversar” entre si, certo?


E é exatamente isso que você tem que ter em mente.


Ao contar histórias diferentes em cada rede, o se público fica confuso, e não identifica a mensagem que a sua marca quer passar.


Por outro lado, ao contar uma história que permite que as pessoas criem conexões mais rapidamente entre si e a marca, tudo muda. Afinal de contas, quando precisamos nos esforçar muito para entender o que uma marca oferece e como isso melhora as nossas vidas, desistimos com facilidade.


Não se engane: as pessoas não engajam com os melhores produtos, serviços, ou com o conteúdo mais profissional, elas engajam com o que conseguem se conectar mais rapidamente.


Em meio a tantos conteúdos, produtos e serviços disponíveis, o público escolhe uma marca por se identificar com ela.


gif

E então, como contar a minha história?


Bom, ao passar a sua história de maneira clara e objetiva, o seu público cria associações da marca e passa a entender o seu posicionamento.


Com isso, as pessoas encontram a sua comunidade, se sentindo compreendidas e pertencentes a algo.


Quando você consegue comunicar posicionamento da marca através da sua história, ao invés de um slogan ou mensagens espalhadas e confusas, sua audiência passa a ver a sua marca como uma parte dele mesmo, além de apenas como benefício prático.


Para fazer isso, comece se perguntando: por que eu comecei esse negócio? Onde estou indo? Qual é a direção que escolho para chegar nos meus objetivos? Por quê? Quais são os seus valores?


Isso é a sua história. Acredite nela e exponha para o mundo!


Com amor, Carol ❤️